sábado, 17 de fevereiro de 2018

7 Frutas que mais engordam


Resultado de imagem para 7 frutas que mais engordam

As frutas que engordam são aquelas que têm mais gordura e açúcar, pois possuem mais calorias e podem favorecer o ganho de peso se consumidas em grandes quantidades, e alguns exemplos são o abacate, o açaí e a banana.
No entanto, é importante lembra que apesar de terem mais calorias, essas frutas também são saudáveis e podem ser consumidas mesmo em dietas para emagrecer, desde que estejam na quantidade adequada e em equilíbrio com outros alimentos saudáveis.
Veja a seguir as características das 7 frutas que mais engordam e como fazer para inclui-las sem ganhar peso.

1. Abacate

7 Frutas que mais engordam
O abacate é uma fruta super rica em gorduras boas, e por isso é bastante calórico. Cada 4 colheres de sopa de abacate tem cerca de 160 kcal, o que já é mais do que 1 pão francês. No entanto, ao contrário do pão, o consumo frequente de abacate ajuda a perder peso, pois as gorduras boas desta fruta melhoram o metabolismo e ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue.
Para consumir abacate sem engordar, a recomendação é de 2 a 3 colheres de sopa por dia, que podem ser usadas na salada, na forma de guacamole e em vitaminas e sobremesas.

2. Coco


Resultado de imagem para 7 frutas que mais engordam

A parte da polpa do coco é rica em gorduras, enquanto a água de coco é rica em carboidratos e minerais, sendo um isotônico natural. A polpa de 1 unidade média de coco tem cerca de 1000 kcal, o que equivale a mais da metade das calorias consumidas na maior parte das dietas de emagrecimento.
Assim, o coco deve ser consumido com moderação e em pequenas quantidades ao longo do dia, pois desta forma a sua gordura boa também vai ajudar a melhorar o funcionamento do metabolismo e a trazer uma maior saciedade ao longo do dia.

3. Açaí

7 Frutas que mais engordam
O açaí é uma fruta super antioxidante e que ajuda a melhorar o sistema imunológico, mas também é bastante calórico, especialmente quando a sua polpa é adiciona de açúcar ou xarope de guaraná, produtos utilizados para melhorar o seu sabor.
Enquanto 100 g de açaí sem açúcar tem cerca de 58 kcal, o açaí com xarope de guaraná tem cerca de 110 kcal. Além disso, consumir açaí favorece o ganho de peso especialmente ao usar adicionais calóricos e ricos em açúcar como creme de ninho, chocolates, granola rica em açúcar e farinha láctea.

4. Uva



Resultado de imagem para 7 frutas que mais engordam
A uva é uma fruta rica em carboidratos, com cerca de 55 kcal para cada 10 a 12 unidades. Essa é quantidade ideal para consumir desta fruta por refeição, pois comer o cacho inteiro trás muitas calorias e estimula o ganho de peso.
Além disso, o suco integral de uva é o principal vilão da balança: 200 ml de suco tem cerca de 125 kcal e 30 g de carboidratos, o que é equivale a duas fatias de pão de forma. Outra desvantagem do suco em relação à fruta é que ele não tem nada de fibras, que são os nutrientes que dão mais saciedade e ajudam a reduzir a produção de gordura.

5. Banana

7 Frutas que mais engordam
Uma banana prata média tem cerca de 50 kcal e 13 g de carboidrato, o que também faz dessa fruta rica em açúcar. Para não engordar com a banana, boas dicas são comer apenas 1 unidade por dia e consumir a banana com algum alimento fonte de proteínas ou gorduras boas, como 1 fatia de queijo, castanhas, amendoim ou sementes.

6. Caqui

Resultado de imagem para caqui
Uma unidade média de caqui tem cerca de 80 kcal e 20 g de carboidratos, sendo também um perigo para a perda de peso quando consumido em excesso.
Para aproveitar o caqui sem culpa, o ideal é preferir as frutas médias ou pequenas e consumir também a casca, que é a parte da fruta mais rica em fibras, importantes para manter o açúcar no sangue estável e reduzir o estímulo de produção de gordura.

7. Frutas em calda


Resultado de imagem para 7 frutas em caldasResultado de imagem para 7 frutas em caldasResultado de imagem para 7 frutas em caldas

Imagem relacionadaResultado de imagem para 7 frutas em caldasResultado de imagem para 7 frutas em caldas
As frutas em calda normalmente têm o dobro ou o triplo de calorias das frutas frescas, pois a calda costuma ser feita com açúcar, o que eleva bastante as calorias do alimento.
Além disso, é importante ter cuidado também com as frutas secas, pois muitas vezes elas são desidratadas com o uso de açúcar, o que aumenta o valor calórico da fruta. Outra desvantagem das frutas secas é que elas não dão tanta saciedade quanto as frutas frescas, pois seu tamanho fica bastante reduzido, o que acaba por não saciar o estômago.
É importante consumir pelo menos 2 ou 3 unidades de fruta por dia, de preferência variando as frutas consumidas para diversos nutrientes sejam absorvidos.




               Blog de Deusa / Dicas online

O estresse aumenta as chances de ataque cardíaco e de outros problemas Conheça os sintomas do estresse e saiba como aliviar suas consequências!

estresse

Todas as pessoas passam diariamente por situações de estresse. Elas podem ser simples problemas no trabalho ou ainda questões mais complexas de resolver, como déficit financeiro ou tensões no casamento. É de conhecimento geral que situações estressantes afetam em primeiro lugar a cabeça e trazem enxaquecas, insônia e aquela típica ansiedade de não saber o que fazer.
O fato é que o estresse é um problema que até se inicia no cérebro, mas que afeta todo o corpo de uma pessoa. É como uma reação em cadeia. Os pensamentos dão início a um problema crônico que, a longo prazo, atinge muito mais do que você pensa.
O sistema imunológico, por exemplo, é um dos alvos do estresse crônico. As defesas baixas do organismo permitem a chegada infecções sistemas. Logo a pressão arterial aumenta, os resfriados se multiplicam e os pequenos machucados na pele não cicatrizam com a mesma rapidez. O corpo responde às ondas de estresse com pequenas falhas que podem gerar consequências perigosas.

Consequências do estresse crônico

Veja, no vídeo abaixo, os locais onde deve pressionar para aliviar a tensão:

Ataque cardíaco
De acordo com especialistas, altos níveis de estresse podem aumentar em vinte e uma vezes as chances de um ataque cardíaco. Isso mesmo: vinte e uma vezes. Momentos de alta tensão liberam noradrenalina, um hormônio que pode causar a dispersão de biopelículas bacterianas das paredes das artérias. É essa dispersão que aumenta as chances de ataque cardíaco.
Diabetes
Qualquer pessoa com alto nível de estresse na infância é duas vezes mais propensa a desenvolver diabetes tipo 2 ao se tornar adulta. Especialistas acreditam que isso se deve ao fato de que o estresse crônico aumenta o nível de inflamação do organismo dessas pessoas.
Problemas estomacais
É muito comum ouvir pessoas sob alta carga de estresse dizerem que estão com problemas no estômago. Isso se deve ao fato de que há menor absorção de nutrientes e menor oxigenação por parte do intestino. O fluxo sanguíneo ao intestino é reduzido em até quatro vezes, o que torna o metabolismo muito mais lento. Além disso, cai drasticamente a produção de enzimas estomacais.
Câncer
O estresse não desenvolve o câncer, mas é capaz de alimentar o seu crescimento e de propagar suas metástases a outras regiões do corpo.

Como aliviar o estresse?

Há algumas dicas simples que podem auxiliar qualquer pessoa a aliviar o estresse e seus sintomas:
  • Mantenha-se longe de pessoas e situações negativas.
  • Realize alguns minutos de meditação por dia.
  • Faça exercícios! Exercícios físicos como corrida, musculação, luta ou mesmo uma simples caminhada são fundamentais para liberar o estresse.
  • Chore. As lágrimas liberam corticotropina, uma substância química intimamente ligada ao estresse. Chorar libera as substâncias relacionadas à tensão, o que traz alivio.
  • Não responda com negatividade às situações ruins. Seja otimista e positivo.
  • Já ouviu falar nos chakras? Então: pressione os pontos de energia do seu corpo e os massageie. A tensão vai diminuir pouco a pouco e você se sentirá mais calmo.
As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.
          Blog de Deusa / Dicas online



20 dicas de como ajudar pessoas com problemas mentais Seja depressão, bipolaridade ou outras doenças: saiba agora as melhores maneiras de dar suporte!


Toda pessoa conhece alguém que está passando por momentos difíceis. A vida, afinal, nem sempre é fácil. Nos dias de hoje. aliás, é muito comum que muita gente desenvolva problemas como depressão. E infelizmente nem todo mundo está preparado para lidar com isso. Se você conhece alguém sofre disso, sabe que nem sempre é fácil ajudar.

As melhores maneiras de ajudar alguém com depressão

O artigo de hoje traz dicas de como dar suporte a pessoas com depressão ou problemas parecidos. São maneiras simples de você mostrar que se importa e quer o outro bem.
1. Seja paciente
Não pressione, vá devagar. Deixe a pessoa fazer as coisas no tempo dela.
2. Dê espaço
Às vezes a outra pessoa não vai sair da sua zona de conforto. Tudo bem. Dê tempo e espaço para que ela faça isso sozinha.
3. Diga que tudo vai ficar bem
Tenha atitudes positivas. Faça com que a pessoa sinta que o momento ruim vai passar.
4. Aprenda sobre os sintomas e encontre formas de aliviá-los
Perceba como a pessoa age e encontre as melhores maneiras de aliviar o que a machuca.
5. Não faça a pessoa sentir vergonha por ter depressão
Ter uma desordem mental já é ruim. Se sentir envergonhado por ter isso é ainda pior. Pegue leve!
6. Aprenda junto sobre o problema
Vá ao médico, a sessões de terapia ou leia sobre o assunto. Mostre que você se interessa.
7. Crie um código não verbal para se comunicarem
Às vezes a pessoa não quer falar. Criem uma forma de ela comunicar suas necessidades e dores sem dizer uma palavra.
8. Encontrem algo divertido e sem risco para fazerem juntos
Se divirtam juntos, mas sem riscos! A ideia é tornar as coisas mais fáceis, não piores.
9. Estimule, sem pressionar, a falar sobre o que está sentindo
Convide a pessoa a falar sobre suas dores e anseios. Colocar para fora ajuda muito, mas tem que ser no tempo dela, aos poucos.
10. Auxilie a racionalizar os pensamentos ruins
Questione se suas ansiedades e medos são racionais. Mas cuidado: não faça ela pensar que está louca!

“Eu já faço tudo isso. E agora?”

dar suporte
Não se preocupe. Logo abaixo há mais algumas dicas valiosas que vão lhe ajudar a dar suporte a pessoas com problemas ou distúrbios mentais.
11. Diga e mostre o quanto você a ama
Muito importante demonstrar amor. De todas as formas. Sempre que puder.
12. Escute-a e lembre do que falou
Seja um ótimo ouvinte. Ouça mais e fale menos.
13. Iniciem um novo passatempo juntos
Um passatempo é um bom remédio para a alma. Façam isso juntos!
14. Estimule a viver suas paixões
Estimule que a pessoa viva as paixões dela. Isso a fará se sentir viva!
15. Lembre o quanto ela importa para você
Não só demonstre amor, mas lembre que esse amor é muito importante para você.
16. Seja sensível aos seus incômodos
Se a pessoa odeia barulhos altos, entenda. Se ela não gosta de lugares cheios, entenda.
17. Conversem sobre coisas sem importância
Falem sobre coisas leves. Faça a pessoa ver que a vida pode ser sem preocupações.
18. Se ela precisar, encoraje a procurar ajuda profissional
Encoraje que haja esse contato com um profissional, mas não force a barra.
19. Aprenda a ajudar de forma saudável
O segredo é ser o mais paciente e empático possível. Ofereça a ajuda, mas aprenda a esperar que a outra pessoa aceite.
20. Segure a onda
Mantenha-se firme. Faça o possível para suportar todas as batalhas ao lado de quem você ama. Ela precisa de sua ajuda, então esteja lá sempre!



                Blog de Deusa / Dicas online


Aspartame: saiba por que ele é um veneno para a saúde O aspartame está por toda a parte. Fique de olho nos ingredientes do que compra e proteja sua saúde.



O aspartame é um adoçante artificial utilizado desde 1965 em diversos alimentos para substituir o açúcar. Para a indústria, é um ótimo aditivo, já que adoça 200 vezes mais do que a sacarose e é menos denso.
Porém, desde a sua criação, os diversos testes realizados com o aspartame apontavam perigos para a saúde, então os cientistas questionavam-se porque a FDA (Agência Federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos) havia aprovado sua utilização.

Efeitos colaterais do aspartame

Há acusações de cientistas norte-americanos de que o aspartame realmente deveria ser proibido, pois ao ser testado em ratos de laboratório, danificou agressivamente o cérebro dos animais.
Mesmo aprovando a utilização do aspartame, a própria FDA emitiu um relatório listando 92 efeitos colaterais que podem ser causados pelo aditivo, entre eles estão:
  • Palpitações;
  • Sobrepeso;
  • Insônia;
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Vertigem;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de memória;
  • Irritabilidade;
  • Fadiga;
  • Dor nas articulações;
  • Erupções cutâneas;
  • Cegueira;
  • Convulsões;
  • Zumbido.
Todos estes sintomas estão associados a doenças como Alzheimer, Lúpus, Fibromialgia, Esclerose Múltipla, Diabetes, Linfoma, Retardo Mental, Parkinson e outras.
Tudo isso faz do aspartame uma substância realmente tóxica, cancerígena e considerada viciante, ou seja, deveria ser banida do consumo para qualquer ser vivo. Mas então, por que o aspartame ainda é utilizado?
Existem suspeitas de que a liberação do aspartame tenha sido feita por meio de um acordo entre o governo dos EUA na década de 80, quando o presidente atual era Ronald Regan. O comissário da FDA nomeado na época pelo presidente, havia forjado uma votação para que o produto fosse aprovado para uso.
A razão é simples, como para todos os produtos que utilizamos e que fazem mal para a vida e para o ecossistema do Planeta: é mais barato e, portanto, a indústria pode produzir e vender mais. Existe até um documentário sobre o assunto, chamado “Sweet Misery: A Poisoned World”, em inglês, mas que pode ser encontrado em versões legendadas.
Independentemente das acusações, o fato é que você tomar mais cuidado com o que escolhe nas prateleiras do supermercado. Leia os ingredientes das embalagens e observe se há aspartame na composição, garantindo que não levará este veneno para casa.

DICA PARA REDUZIR O AÇÚCAR NAS REFEIÇÕES

Uma alimentação com menos açúcar, especialmente o refinado e o presente nos carboidratos artificiais, como massas prontas, é muito importante para melhorar a renovação celular do seu organismo e manter sua saúde em dia.

Acostumar a viver sem açúcar é bem difícil, mas você pode fazer substituições e começar aos poucos. Veja como é ficar 30 dias sem açúcar:


               Blog de Deusa / Dicas online

6 Ingredientes naturais para combater pedras na vesícula Confira aqui esses remédios caseiros e naturais que vão lhe ajudar e muito!

massagem na barriga
Cálculos biliares são aquele tipo de problema que incomoda muito. Eles se formam na vesícula, que fica no lado direito do seu abdômen. Esses cálculos podem ser menores que um grão de areia ou maiores que uma bola de golfe. De acordo com especialistas, 80% dessas pedras se formam por colesterol endurecido em grande quantidade na vesícula.
Outro fatores aumentam as chances de cálculo biliar. Problemas no fígado, dieta rica em gordura, alguns tipos de anemia, diabetes, obesidade e até gravidez são exemplos. Há pessoas que têm essas pedras a vida toda e não sabem. Quando elas entopem o canal biliar, porém, causam problemas. Náusea, indigestão, dores nas costas e no abdômem são alguns efeitos.

Remédios caseiros que combatem as pedras na vesícula

Existem algumas soluções caseiras e naturais que auxiliam no combate às pedras biliares. Confira agora seis boas dicas!
1. Vinagre de maçã
Alivia a dor e dissolve as pedras. Além disso, previne o fígado de produzir colesterol. Coloque uma colher de sopa de vinagre em um copo de suco de maçã. Tome sempre que sentir dores na vesícula.
2. Suco de limão
Assim como o vinagre de maçã, evita que o fígado produza colesterol. Ele também diminui a dor causada pelas pedras. Beba suco com quatro limões, em jejum, por uma semana. Tome bastante água após ingerir o suco.
3. Hortelã
Estimula a bile e outros sucos digestivos, além de dissolver as pedras. Relaxa espasmos abdominais e alivia dores na vesícula. Faça um chá com folhas de hortelã. Beba duas vezes por dia, por um mês.
4. Sucos vegetais
Inclua na dieta sucos feitos com vegetais. Suco de beterraba, pepino e cenoura é ótimo para acabar com as pedras. Beba por duas semanas e você verá uma melhora no problema.
5. Psílio
Psílio é uma fibra. É feito com as cascas da semente de uma planta chamada Plantago. É um ótimo digestivo e previne a formação de pedras. Acrescente psílio a um copo de água e beba duas vezes por dia.
6. Dente-de-leão
Ele metaboliza e faz um detox na gordura do fígado. Isso faz com que a vesícula funcione melhor, o que evita as pedras biliares. Você pode fazer um chá com raiz seca de Dente-de-leão. Tome três vezes por dia, por uma semana. Não recomendado a diabéticos.
As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.



              Blog de Deusa / Dicas online




5 Benefícios da casca de melancia que você desconhece A casca de melancia é rica em vitaminas e fibras. Ela ajuda a proteger o organismo de doenças e a perder peso.



A melancia é uma fruta muito saborosa e diurética. Composta maioritariamente por água, esta é deliciosa para se refrescar naqueles dias muito quentes.
Mas quando come melancia, certamente joga fora a casca verde e aquela parte branca que fica junto. Sabia que isto é a melhor parte da melancia? A casca é rica em nutrientes e muito benéfica para a saúde.
Confira alguns benefícios da casca da melancia:
  • Aquela casquinha que joga fora é rica em vitamina A, C, B6, zinco, potássio e magnésio;
  • Contém licopeno, um antioxidante que protege o organismo de doenças;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Aumenta o desempenho sexual;
  • Ajuda a perder peso;
Já lhe dissemos que comer a casca da melancia é muito benéfica para a saúde, mas agora queremos que conheça 5 motivos para comer a casquinha, que não é assim tão saborosa, mas pode ser uma grande ajuda na prevenção e tratamento de doenças.
  1. Ajuda a conseguir melhores resultados nas atividades físicas que requerem maior esforço muscular. Para usufruir dos seus benefícios, pode cortar a casca da melancia e prepará-la como acompanhamento de carnes brancas.
  2. Consumir casca de melancia aumenta o desempenho sexual, pois esta funciona como um afrodisíaco natural.
  3. Aquela casca verdinha que não sabe muito bem é rica em fibras. Ela ajuda a limpar o organismo e provoca uma sensação de saciedade, fazendo com que coma menos açúcares e frituras. Por isso, a casca de melancia ajuda a emagrecer.
  4. A casquinha reduz a retenção de líquidos pelo organismo, regulando a pressão arterial.
  5. Este alimento limpa o sistema urinário, prevenindo infeções.
Aprenda a preparar um delicioso suco com casca de melancia:
beneficios-casca-melancia-saudeIngredientes
  • melancia: 2 fatias com casca
  • água: ½ copo
Preparação
  1. No liquidificador, junte as fatias de melancia com a água;
  2. Misture bem;
  3. Agora pode beber seu suco;
Não se esqueça que este suco tem a casca da melancia e esta deve ser desinfetada, para evitar a transmissão de bactérias.
Agora que já conhece as propriedades da casca de melancia, desfrute de um suco muito benéfico para a saúde.



             Blog de Deusa / Dicas online



Os incríveis benefícios de uma caminhada diária de 20 minutos





Ainda que você não acredite, um passeio de 20 minutos pode favorecer a sua saúde cardiovascular e melhorar as funções básicas como a atenção, a memória e o processamento da informação.andar-emagrecer4
Todos conhecem os benefícios da praticar esportes todos os dias, de exercitar o corpo com alguma atividade para melhorar a saúde e cuidar do peso. No entanto, nem sempre temos tempo, seja por causa do trabalho ou pelas obrigações diárias.
Mas, e se disséssemos que com somente uma caminhada de 20 minutos por dia podemos obter uma infinidade de benefícios? Na verdade, incluir em nossa rotina este saudável exercício, proporcionará uma autêntica qualidade de vida, explicaremos o porquê neste artigo.

1. Melhoras cognitivas

  • Realizar uma caminhada diária de 20 minutos melhora as funções cognitivas. O cérebro fica oxigenado e relaxa, obtém novos estímulos, recebe um maior aporte sanguíneo e favorece a sintetização de endorfinas (os hormônios do bem estar).
  • Se o exercício for constante e diário, funções básicas como a atenção, a memória e o processamento da informação melhorarão notavelmente.
  • Saiba que, em certos momentos, caímos em uma rígida rotina na qual a monotonia afeta nosso rendimento e motivação. Algo tão simples como sair para caminhar nos põe em contato com a natureza ou com a cidade, ativa nosso coração e nosso cérebro. Poucas coisas são tão gratificante.
  •  Um bom tratamento para a depressão
  • As pessoas que atravessam períodos de tristeza ou depressão tendem a preferir ambientes com baixa estimulação: pouca luz, pouco som e contato social. Algo tão simples como sair para caminhar pode melhorar o ânimo e o contato da pessoa com o mundo.
  • Andar, respirar profundamente e pôr nosso coração para funcionar em um ritmo equilibrado atua como relaxante para o cérebro. É precisamente neste estado de bem-estar que nossos pensamentos começam a se relacionar. Vemos as coisas de outra maneira, de um modo menos negativo e onde os problemas já não parecem tão graves como eram antes.
  • Se adquirirmos o saudável costume de caminhar diariamente por 20 minutos, não somente estaremos cuidando de nossa saúde, mas também estaremos nos enchendo de emoções positivas capazes de combater a depressão.

3. Um simples modo de cuidar do coração

coracao-mulher1-500x406
  • Uma caminhada diária de 20 minutos é a aliada perfeita para cuidar da saúde cardiovascular. Aumenta a força de nosso coração e sua capacidade para bombear o sangue.
  • As artérias se tornam mais elásticas e podem se dilatar muito melhor para permitir a circulação sanguínea.
  • Você sabia que com esta simples caminhada diária combatemos a hipertensão arterial? É verdade, e não importa a idade: o quanto antes você pôr isto em prática, poderá prevenir muitas dessas doenças, que em certos casos, são hereditárias.
  • Também previne a aparição da diabetes, já que melhora nosso metabolismo e o nível de açúcar no sangue.

4. Mais benefícios

Caminar-es-bienestar
  • Você sabia que uma caminhada diária de 20 minutos fortalece o sistema ósseo? Não precisa realizar grandes esforços nem se esgotar. Algo tão simples como sair para caminhar todos os dias pode prevenir a osteoporose.
  • Andar favorece também o trânsito intestinal evitando a prisão de ventre. A caminhada ajuda a limpar o organismo e a melhorar as funções digestivas.
  • Andar regularmente fortalece as pernas. As mulheres são precisamente as que mais sofrem com problemas de circulação, de varizes, de desgaste no joelho. Algo tão simples quanto uma caminhada melhorará e endurecerá os músculos e os ossos das pernas, prevenindo muitos destes problemas.
Nunca é tarde para começar. Não importa se não estiver acostumado a fazer nenhum exercício: uma simples caminhada diária sempre é fácil de cumprir. Basta achar o momento, 20 minutos para se desconectar de tudo e relaxar.
Use um bom calçado que mantenha seus pés firmes, coloque uma roupa confortável e leve uma garrafinha de água para se hidratar. Comece sempre com um ritmo pausado, para depois acelerar um pouco, mas sem chegar a correr. Trata-se simplesmente de andar em um passo rápido durante 15 minutos, para finalizar com outros 5 de um modo mais relaxado.
O ideal seria fazer uns 2 quilômetros diários. Se pouco a pouco você for aderindo a este hábito estará cuidando de sua saúde de uma forma tanto gratificante quanto simples. Vamos começar hoje mesmo?



                Blog de Deusa / Google