segunda-feira, 7 de novembro de 2016

O que NÃO fazer com suas lentes de contato



Não importa se você já usa lentes há um tempo ou se é elas são novas para você: provavelmente você já cometeu alguns desses deslizes ou, se ainda não cometeu, vai cometer.
Se eles não se tornarem hábitos, você provavelmente não vai ter grandes problemas mas, se você fizer as coisas que listamos abaixo com freqüência, é bem provável que desenvolva um problema sério na vista ou, no melhor dos cenários, destrua sua lente de contato antes do prazo de validade.
Veja o que não fazer com suas lentes de contato (ou quando estiver manuseando elas):

Não lavar as mãos

Esse erro básico de higiene já causa milhares de problemas pra quem não usa lentes de contato. Imagine então para você, que coloca os dedos diretamente nos olhos praticamente os dias?
Não lavar as mãos e, é claro, não secá-las bem antes de colocar e tirar a lente pode aumentar as chances de você contaminar as lentes com bactérias, por exemplo.
Na maioria das vezes, as infecções da córnea são causadas por bactérias, particularmente Pseudomonas e Staphylococcus, que são extremamente comuns.

Não limpar e não trocar o estojo com a frequência necessária

© Fornecido por MHM
É muito importante limpar o estojo da forma correta: ou seja, remover a solução antiga e enxaguar com a solução nova diariamente!
Aliás, se você usa lentes diariamente a recomendação dos oftalmologistas é trocar o estojo a cada 3 meses.

Lavar as lentes com água da torneira

© Fornecido por MHM
Esse erro ainda é muito comum e extremamente prejudicial para a saúde de quem usa lentes de contato. Por mais que a água da sua torneira seja tratada, ela não está livre de microrganismos que podem atingir a córnea e causar uma infecção. Por isso, você deve lavar as lentes com uma solução adequada!

Reutilizar a mesma solução de limpeza que já está no estojo

© Fornecido por MHM
Você chegou em casa cansado e não trocou a solução de limpeza do estojo antes de levar e guardar a lente? Bom, isso pode causar sérios problemas pra você. Um arranhão microscópico na córnea – causado por um pequeno fio de tecido ou até por algo ainda mais inofensivo, como os resíduos que se acumulam na região do lacrimal – pode ser o bastante para que bactérias causem uma infecção muito grave.
Em casos mais raros, as lentes de contacto podem ser infectadas por fungos ou parasitas, e isso é muito mais difícil de ser tratado.

Dormir com lentes de contato

© Fornecido por MHM
Quem nunca dormiu com as lentes e acordou sentindo que seus olhos estavam pegando fogo que atire a primeira pedra. Bom, esse hábito é extremamente prejudicial para a saúde dos olhos!
Em uma entrevista para o portal UOL, o oftalmologista Richard Yudi Hida explicou a importância de tirar as lentes antes de dormir: “Apesar de alguns fabricantes sugerirem o uso contínuo, dormir com as lentes de contato pode ser perigoso para a saúde ocular, principalmente pelo risco de infecções por vírus, bactérias, fungos ou amebas. Antes de dormir retire, higienize e guarde as lentes de acordo com a orientação do seu médico. Também pergunte ao oftalmologista quantas horas por dia são recomendadas para você ficar com as lentes de contato, isso pode variar de acordo com o paciente e o tipo de lente adotado”.

Lavar a lente apenas com soro fisiológico

© Fornecido por MHM
Esse erro é bem comum e também pode te causar sérios problemas. Existem soluções específicas para lavar as suas lentes. Elas contêm substâncias capazes de conservar as lentes e remover as impurezas da superfície.
Além disso, elas também possuem em suas fórmulas agentes antimicrobianos, que complementam o processo de limpeza.
A solução do soro fisiológico apenas hidrata as lentes de contato, ou seja, as impurezas e agentes microbianos continuam por lá!
O frasco do soro fisiológico, aliás, possui um alto risco de contaminação e isso pode causar cegueira se a solução contaminada entrar em contato com os olhos através das lentes de contato.

Não respeitar o prazo de validade

© Fornecido por MHM
Não há mal algum em usar a lente por mais um mês ou dois, certo? Errado! As lentes de contato possuem pequenos poros onde passa o oxigênio para a córnea “respirar”. Quando o prazo de validade passa, esses poros não funcionam mais, e, então acumulam proteínas e podem desencadear infecções ou até mesmo a lesões irreversíveis na córnea.

Lavar as lentes com saliva

© Fornecido por MHM
Sim, tem gente que faz isso e sim, isso é extremamente prejudicial para a sua saúde. A gente precisa explicar por quê? Sua saliva contem milhares de bactérias e, por mais que na hora pareça uma boa ideia molhar a lente para aliviar algum incomodo nos olhos, você deve fazer isso com o material adequado.
Por isso, é sempre bom carregar um colírio com você!
© Fornecido por MHM

                        Blog de Deusa / MSN
Postar um comentário