terça-feira, 21 de junho de 2016

Tipos de Câncer - Linfomas



O que é?
Os linfomas são neoplasias malignas que atingem órgãos e estruturas do sistema linfático, fundamental na manutenção da defesa do nosso organismo contra infecções. Na maioria das vezes, os linfomas se originam dos linfonodos ou gânglios linfáticos, mas eventualmente podem acometer outros órgãos, como baço, fígado, medula óssea, estômago, intestino, cérebro, pele, entre outros.

Classificação
De uma forma bem ampla, podemos classificar a doença em duas categorias: os linfomas de Hodgkin e os linfomas não-Hodgkin. Cada categoria abrange inúmeros outros subtipos de linfomas mais específicos ainda, com comportamentos biológicos e prognósticos diferentes.


Tratamento
No que diz respeito ao tratamento, a quimioterapia e a radioterapia são as modalidades mais utilizadas, dependendo de cada subtipo, estadiamento e caso em questão. O esquema de tratamento pode variar principalmente de acordo com o subtipo específico do linfoma, da extensão da doença e das características clínicas do paciente.


Sintomas
Os sintomas da doença são variáveis. O paciente pode ser completamente assintomático ou apresentar sintomas específicos de acordo com o seu subtipo e fase da doença. Entre os sintomas mais comuns estão: perda de peso, febre, sudorese noturna, coceira no corpo, aumento dos gânglios linfáticos, fraqueza, fadiga, entre outros.


Diagnóstico
O diagnóstico é feito após a obtenção de um tecido do paciente (por meio de biópsia) em casos onde existe a suspeita clínica.


Texto: Dr Alexandre Fonseca




           Blog de Deusa / Oncomed



Postar um comentário