terça-feira, 14 de março de 2017

10 dicas pra preservar suas bolsas e sapatos delicados Algumas bolsas e sapatos são tão delicados que exigem um cuidado especial. Saiba o que fazer para preservar a qualidade dessas peças

17061-Chanel-Bag
Sabe aquela bolsa clássica de grife que você sempre sonhou em comprar e depois de anos, finalmente conseguiu? Ou aquele sapato que você namorou todas as vezes que passou pela vitrine da loja até não resistir mais e levá-lo pra casa? Essas peças merecem o maior cuidado, afinal, algumas são tão caras que parecem verdadeiro investimento.
Aliás, algumas bolsas e sapatos de fato, são! Uma it-bag da Chanel, por exemplo, já se valorizou em 70% nos últimos anos? Por isso, se a sua intenção é vende-la mais pra frente, ou se você é tão apaixonada por seus calçados e bolsas que quer mantê-los sempre lindos e preservados, aqui vão 10 dicas de cuidados que você deve tomar na hora de guardar ou limpar essas peças. Olha só!
1. Arejado e fresquinho
Para manter essas peças sempre intactas, é imprescindível guarda-las em lugares protegidos da umidade e poeira, de preferência dentro de sacos de flanela ou algodão – aqueles que já vem com as bolsas e sapatos. Aliás, se a ideia é vende-los no futuro, são esses sacos originais da loja (também chamados de dust bags) que vão valorizar ainda mais sua peça, assim como cartões, cadeados ou qualquer outro acessório presente no momento da compra.
2. Formato perfeito
Tanto nas bolsas, quanto nos sapatos (principalmente scarpins e botas de cano alto) é importante usar enchimentos para que elas mantenham sua modelagem intacta. Nas botas de cano alto, para manter o comprimento você pode colocar uma cartolina ou jornal, só cuidado para que ele não solte tinta no forro com o passar do tempo.
3. Espaço de sobra
É preciso encontrar um espaço que acomode com folga suas bolsas e sapatos de grife. O motivo? Ao encostarem umas nas outras, algumas peças acabam manchando, desbotando e até se aderindo ao outro tecido. Melhor prevenir!
4. Tecidos sensíveis
Peças em couro, principalmente, precisam se hidratadas regularmente. Como? Aplicando uma pequena quantidade de creme hidratante (tipo o Nivea, de latinha!) ou até mesmo óleo de amêndoa em uma gase ou algodão e espalhando bem o produto até que ele fique homogêneo. Isso previne rachaduras e estrias em suas bolsas e sapatos.
tumblr_mls52rv17m1r6cm46o1_500
5. Produtos anti mofo
A intenção é boa, mas nem sempre funciona. Você pode até achar que produtos anti mofo no armário em que vai guardar suas peças é uma boa ideia, mas a verdade é que eles são tão fortes que causam danos irreparáveis aos tecidos das suas bolsas e sapatos, principalmente os de couro.
6. Limpando correntes e peças em dourado e prateado
O melhor é sempre limpar as ferragens com produtos próprios, como o Silva para peças prateadas e o Brasso pra peças douradas. Outra boa opção é polvilhar com um pouco de bicarbonato de sódio e lustrar com uma flanela.
7. Santa borracha
Achou uma manchinha na sua bolsa ou bota de camurça? Experimente usar uma borracha branca para limpar essas imperfeições esfregando a mancha em movimentos leves.
8. Cuidado com as clutches
Bolsas duras, principalmente as clutches, devem ser limpas somente com uma flanela macia ou algodão. O importante aqui é tirar o pó e manter e brilho. Produtos pastosos e líquidos podem tirar de vez a qualidade e beleza das suas peças metalizadas.
9. Bolsas e sapatos claros
Não tem jeito: acessórios claros, (principalmente os off white) dão um trabalhão mesmo na hora de cuidar. Para limpar peças brancas uma boa sugestão é usar uma esponjinha chamada Mr Clean Eraser. Ela é ótima e é vendida por um preço super em conta nas lojas Walmart no Brasil. Anotou?
10. Fim do mau cheiro
Com o tempo, é natural começarmos a sentir um cheiro forte nas nossas bolsas e sapatos, principalmente nas peças em couro. Para eliminar o odor, deixe a peça descansar em um local que receba sol indireto, já que o contato direto com os raios UV podem fazer o couro lascar, rachar e até se desgastar. Outra sugestão é embrulhar a bolsa ou calçado em papel kraft por até dois dias, já que a qualidade porosa do papel absorve cheiros ruins. Se mesmo assim o cheio continuar forte, o melhor mesmo é procurar um serviço de lavanderia especializado em peças delicadas.
Dicas anotadas?




           Blog de Deusa / Fabiana Scaranzi



Postar um comentário