terça-feira, 14 de março de 2017

8 exercícios rápidos para fortalecer a memória Tem se sentido “esquecida” ultimamente? 8 exercícios mentais (fáceis de serem praticados em qualquer lugar!), vão ajudar você a blindar a memória e melhorar a concentração

pgYsqzbKV-8_63066
Nos dias de hoje é tanta coisa pra lembrar, né: pagar as contar, levar o terno do marido na lavanderia, arrumar a lancheira dos filhos… por isso, é natural (e totalmente compreensível!) esquecer onde você largou as chaves do carro ou qual dia da semana que vem marcou horário no dentista.
Pesquisas americanas mostram que nós, mulheres, temos uma memória melhor que os homens, no entanto nos tornamos mais esquecidas com o tempo. O motivo? Ninguém sabe ao certo!
De acordo com neurologistas da Universidade de Oxford, as células do hipocampo, onde se localizam as pastas da memória humana, diminuem com o tempo e que o stress e a rotina corrida contribuem para esses lapsos de memória ocorrerem mais frequentemente.
Mas não precisa se desesperar! Mantendo uma boa qualidade de vida – unindo alimentação correta, exercícios físicos e horas suficientes de sono – já ajudam (e muito!) para aumentar nossa capacidade cerebral.
E ainda dá pra fazer melhor! Conversando com alguns neurologistas, reuni oito exercícios rápidos para você fazer constantemente e assim estimular seu cérebro e conquistar uma memória de ferro. Confira já.
1. Decorando fotografiasSepare 10 fotos de pessoas desconhecidas e anote no verso seus nomes e sobrenomes. Tente memoriza-los e, depois de algumas horas, troque as fotos de ordem e tente relembrar os nomes de cada uma das pessoas sem olhar a resposta na parte de trás.
2. De volta à escolaO livro de matemática do seu filho é um bom aliado para quem está precisando exercitar a memória. Tente resolver contas e problemas de raciocínio lógico – dos mais simples aos mais complicados, de preferência de cabeça. Nada de usar a calculadora, hein?
Quem aí, assim como a peixinha Dory, também vive esquecendo as coisas?
Quem aí, assim como a peixinha Dory, também vive esquecendo as coisas?
3. Em ordem alfabéticaRecorte algumas palavras aleatórias de jornais e revistas e organize-os em ordem alfabética. O exercício ajuda a fortalecer a memória simples e o pensamento rápido.
4. Decorando trechos de livrosTem um livro preferido? Grife seu trecho preferido e repita-o por dois minutos. Tente decorar e falar em voz alta cada frase, na íntegra. Conseguiu? Repita o exercício depois de algumas horas. Não? Continue tentando até completar o desafio.
5. SoletrandoEsse é difícil! Escolha 20 palavras e procure soletra-las de trás pra frente. Essa prática ajuda a melhorar a concentração e a memória, principalmente se você for evoluindo de forma gradual. E se perceber que ficou muito fácil, nada de abandonar o exercício. Aumente o número de palavras soletradas sempre que sentir que é hora de se desafiar mais um pouquinho.
6. Mapa da minaTalvez esse seja o maior desafio na hora de blindar sua memória! Já brincou de caça ou tesouro? A ideia é imprimir dois mapas (já usou o Google Maps?) e tentar localizar e decorar 20 nomes de ruas do primeiro mapa. Depois, marque com um X cada um desses lugares no outro mapa. Difícil, né?
7. Atenção ao que te cercaNem sempre a gente presta atenção nos detalhes que nos cercam diariamente. Que tal então se fechar no quarto e tentar lembrar, por exemplo, quantas almofadas você no sofá da sala, ou quantos quadros existem ao todo no seu apartamento? Esse exercício de memorização vai ajudar você a ficar mais atenta, inclusive, nas pequenas coisas que normalmente passam despercebidas.
8. MeditaçãoSabia que fazer exercícios de meditação durante 20 minutos, com respirações lentas, ajuda a fortalecer a memória? Eles vão ajudar você a se prender em informações a curto prazo perdidas diariamente – como a chave do carro ou horário do dentista que falamos lá em cima. Alguns exercícios de meditação podem ser encontrados, inclusive, em aplicativos no celular. Que tal instalá-lo agora?
Exercícios anotados?
Bjs,
Fabi Scaranzi



            Blog de Deusa / Fabiana Scaranzi




Postar um comentário