terça-feira, 2 de agosto de 2016

O que é refluxo? Causas, sintomas e tratamento!

                           

A doença do refluxo gastroesofágico é uma condição na qual o conteúdo do estômago (comida ou líquido) vaza do estômago para o esôfago (o tubo que liga a boca ao estômago). Esta ação pode irritar o esôfago, causando azia e outros sintomas.

Causas do refluxo

Quando você come, o alimento passa da garganta para o estômago através do esôfago. Uma vez que a comida está no estômago, um anel de fibras musculares evita que os alimentos se movam de volta para o esôfago. Estas fibras musculares são chamadas de esfíncter esofágico inferior. Se este músculo do esfíncter não se fecha bem, comida , líquidos e ácido do estômago podem vazar de volta para o esôfago. Isso é chamado de refluxo ou refluxo gastroesofágico. Refluxo pode causar sintomas ou pode até mesmo danificar o esôfago.
Os fatores de risco para o refluxo incluem:

  • Álcool (possivelmente);
  • Hérnia hiatal (uma condição na qual a parte do estômago se move acima do diafragma , que é o músculo que separa as cavidades torácica e abdominal);
  • Obesidade;
  • Gravidez;
  • Esclerodermia
  • Fumo.
Azia e refluxo gastroesofágico podem ser causados ou agravados pela gravidez e muitos medicamentos diferentes. Tais drogas incluem:
  • Anticolinérgicos (por exemplo, para enjoo);
  • Os beta-bloqueadores para a pressão arterial elevada ou doença cardíaca;
  • Broncodilatadores para asma;
  • Os bloqueadores dos canais de cálcio para a pressão arterial alta;
  • Drogas de dopamina ativas para a doença de Parkinson;
  • Progestina para o sangramento menstrual anormal ou controle de natalidade;
  • Sedativos para insônia ou ansiedade;
  • Os antidepressivos tricíclicos.
Se você suspeitar que um de seus medicamentos podem estar causando azia, fale com o seu médico. Nunca altere ou interrompa uma medicação que você toma regularmente sem falar com o seu médico.
Evitando o refluxo
O refluxo é um problema de saúde que pode atrapalhar na alimentação e se tornar um grande incômodo. Porém, com os cuidados certos, é possível evitá-lo e deixá-lo de lado de sua rotina.

       Blog de Deusa / saúde melhor
Postar um comentário