terça-feira, 26 de maio de 2015

Dicas de Deusa - AZEITE AJUDAR DIMINUIR COLESTEROL RUIM

azeite 12
O azeite, óleo extraído da azeitona, ganhou status de aliado do coração principalmente por duas propriedades: é rico em antioxidantes, elementos capazes de combater os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento das células, e ajuda a diminuir as taxas de colesterol “ruim” (LDL) e aumentar as do “bom” (HDL).

Esse ajuste entre os dois tipos é promovido pela grande concentração de gordura monoinsaturada, um tipo de lipídio benéfico à saúde cardíaca que ajuda a capturar os excessos de LDL em circulação no sangue.

“O nível elevado de colesterol pode levar à formação de placas de gordura nas paredes das artérias, caracterizando a aterosclerose, que faz com que os vasos fiquem enrijecidos e o sangue circule com dificuldade”, explica a nutricionista Vivian Ragasso, do Instituto Cohen.

São as gorduras saturadas, encontradas em alimentos de origem animal, as principais responsáveis pela formação das placas. Por isso, o ideal é que esse tipo de gordura não corresponda a mais que 10% (quantidade equivalente a um bife) da ingestão diária de calorias. Já a gordura insaturada, como a do azeite, pode responder por 20%. “Para quantificar o consumo da gordura insaturada, em geral consideramos uma média de três porções de um alimento rico nesse componente por dia. Por exemplo, uma colher de sopa de semente de linhaça, uma colher de sopa de azeite e meia xícara de chá de castanhas já satisfazem a quantidade necessária”, explica a nutricionista.

Outros exemplos de alimentos ricos em gordura insaturada são abacate, nozes, coco, truta e salmão.

Frituras

É recomendada a ingestão diária de até duas colheres de sopa de azeite extravirgem. Não utilize para fazer frituras, pois seu ponto de fusão é bem menor se comparado a outros óleos, o que faz com que rapidamente se percam seus principais nutrientes. “Para fazer frituras, utilize óleo de canola. Deixe o azeite para temperar saladas ou utilizar nas preparações que têm aquecimento brando, como refogados e ensopados”, orienta Vivian Ragasso.

Na hora da compra, procure o azeite extravirgem, considerado o mais puro e com grau de acidez não superior a 1%. Preste atenção também nas condições de acondicionamento do local. É importante que o produto esteja em embalagens escuras e seja mantido longe da claridade.





                              Blog de Deusa





Postar um comentário