sábado, 29 de novembro de 2014

Dicas de Deusa-CHURRASCO NA DIETA: PODE OU NÃO PODE?

15440171


Churrasco nunca mais? Levanta o dedo quem não tem pelo menos um “churras” quase toda semana? Se não é no domingo com a família, é à noite com os amigos, na churrascaria com a namorada ou pra acompanhar aquele jogo de futebol. E pra quem está tentando eliminar uns quilinhos ou ter uma alimentação mais saudável, como fazer esse churrasco não ser o grande vilão da dieta?
Então… Se você sabe que vai ter o churrasco, evita chegar com AQUELA fome e sempre faça um lanche antes de sair de casa. Além disso, faça as melhores escolhas: carnes mais magras (alcatra, filé mignon, maminha, vazio e baby beef) a carnes mais gordas (cupim, costela, picanha, linguiças, ovelha e coração de galinha). Sempre tire a gordura aparente, já que a gordura animal é saturada e responsável pelo aumento do colesterol. A porção ideal de carne depende de cada pessoa, mas pode-se considerar em média a necessidade de uma porção de 150 g de carne, o que é mais ou menos do tamanho da palma da mão.
Para substituir os acompanhamentos tradicionais (pão com alho, queijo, farofa) que são riquíssimos em gorduras, sal e carboidratos, opte por legumes (pimentão, cenoura, berinjela e cebola) assados no espeto. Eles ajudam a aperitivar de forma mais saudável, incluem mais fibras e vitaminas na refeição e aumentam a saciedade sem aumentar muito o valor calórico. O sal grosso é mais indicado que o refinado na hora de temperar o churrasco: use uma colher de sopa de sal para cada peça de carne (que, se ficar muito salgada, dará mais sede). Além do sal, são bem-vindos temperos como: alecrim, salsa, orégano, pimenta-do-reino e alho. Salpicar folhas de alecrim sobre o carvão na churrasqueira ajuda a salientar os sabores e, com isso, reduzir o sal e molhos gordurosos. Para sobremesa, além do abacaxi, outras frutas podem ser assadas com casca: banana, manga, maçã e pêra. Mais uma dica: após o churrasco, consuma frutas ricas em enzimas digestivas, como o abacaxi e o mamão. Elas facilitarão a digestão das proteínas, caso você tenha abusado.
O ideal é consumir o churrasco apenas uma vez por mês, mas, se for possível, ter opções melhores como as descritas aqui, dá para comer mais vezes. Dessa forma, uma vez por semana pode ser liberada, duas é ruim e três ou mais é “mortal”. Pense sempre que você é responsável pelas suas escolhas e elas refletem na sua saúde. Para o aumento de 1 Kg no mês, basta exagerar 250 K cal por dia, ou simplesmente cerca de 800 Kcal a mais no seu sábado e Domingo. Não há necessidade de extremas privações quando nos reeducamos e aprendemos a comer de forma mais saudável.
De quebra vou passar algumas receitas mais saudáveis de tradicionais itens do churrasco:
PÃO SEM ALHO 
Ingredientes:
 4 Pães Francês sem miolo, 3 tomates, 2 cebolas, 3 colheres de sopa de requeijão light, pimenta do reino preta e azeite de oliva
Como fazer: em uma panela refogue a cebola picada com o azeite de oliva e acrescente os tomates picados. Tempere a gosto. Quando o tomate já estiver se desmanchando, desligue o fogo e misture o requeijão. Recheie os pães com essa mistura e asse na churrasqueira.
SALADA SÓ DE BATATA
Ingredientes:
 Batatas cozidas cortadas em cubos, ovo cozido, salsinha, pimenta preta, azeite de oliva e cebola picada.
Como fazer: em uma panela refogue a cebola até ficar mais transparente. Acrescente a batata previamente cozida, descascada e cortada em cubos. Deixe dourar um pouco com a cebola. Desligue o fogo e acrescente a salsinha, o azeite de oliva e a pimenta preta. Pique o ovo cozido e misture. Sirva frio. OBS: se quiser, pode acrescentar 1 colher de sopa de requeijão light.


              Blog de Deusa / donna



Postar um comentário